Deputado Gustavo Mitre participa do lançamento do Via Liberdade

Deputado Gustavo Mitre participa do lançamento do Via Liberdade

O deputado destacou a importância do turismo em Minas Gerais (Divulgação)

O deputado estadual Gustavo Mitre participou, na terça-feira, 26, em Belo Horizonte, da solenidade de lançamento do projeto Via Liberdade: a maior rota turística e cultural do país. O governador Romeu Zema assinou o decreto que dá início oficialmente ao percurso de 1.179 quilômetros da BR-040 que vai interligar as belezas, as histórias, a cultura e a arte de Minas, Rio de Janeiro, Goiás e Distrito Federal.  

Ao analisar a importância do evento, o deputado Mitre afirmou que “como vice-presidente da Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia da ALMG tenho de parabenizar o governador Romeu Zema, o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, demais secretários, dentre outros coparticipantes e Estados envolvidos neste megaprojeto que, com certeza, vai dinamizar ainda mais o turismo em Minas Gerais, com preservação da nossa história, dos bens patrimoniais materiais e imateriais, gerando mais empregos e riqueza para o povo mineiro”.  

A Via Liberdade conta com investimento de cerca de R$ 12 milhões para fomento e estruturação do turismo nas cidades envolvidas. O objetivo maior é fomentar o turismo das cidades envolvidas e, por consequência, o desenvolvimento territorial e econômico das regiões contempladas. O investimento total na Via Liberdade traz também editais de cultura e turismo e investimentos em projetos nas autarquias estaduais. Para o lançamento da Via Liberdade, uma solenidade com referências históricas foi realizada com a abertura da exposição dos quatros principais hinos do Brasil: da Independência, Nacional, da Bandeira e da Proclamação da República.


Valor histórico

“Essa rodovia tem um valor histórico inestimável, pois ela passa próxima de cidades históricas como Ouro Preto, Diamantina, Paracatu, e acaba em Brasília, nossa capital. O que queremos, por meio de uma parceria com Fecomércio e Senac, é preparar essas 186 cidades de Minas às margens da rodovia para se estruturarem adequadamente para termos um turismo mais desenvolvido. Lembrando que se trata de uma das principais rodovias do país. E, ao longo dela, existem pontos excepcionais como também locais que precisam aprimorar o serviço e a culinária, e isso será feito com  ajuda do Senac”, disse o governador Romeu Zema.

Criação
A rota foi criada também em comemoração ao bicentenário da Independência do Brasil e aos 100 anos da Semana de Arte Moderna, visto que percorre as cidades que tiveram protagonismo nesses momentos históricos, desde a fase do Brasil Império no Rio de Janeiro, passando pelos movimentos libertários em Minas, a conquista do interior, em Goiás, e o apogeu da Independência do Brasil, sintetizado na criação modernista de Brasília. A Via Liberdade conta com ações e programas estratégicos que serão desenvolvidos ao longo da BR-040 e imediações. São mais de 300 cidades nesse percurso, que apresentam sete Patrimônios da Humanidade e 80 Patrimônios Memória do Mundo.
O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, enumerou as regiões históricas contempladas pela rodovia. “A via liberdade possui sete patrimônios da humanidade, se consolidando como a maior linha de patrimônio que teremos no país. Além disso, possui mais de cem cidades que são patrimônio histórico do Brasil. O trajeto inteiro conta com cerca de 70% dos patrimônios históricos tombados do Brasil”, ressaltou.

Em nível nacional  

Para finalizar sua participação no evento, Gustavo Mitre reiterou que “o turismo, a culinária mineira, a história com seu passado de lutas e tradições, gabaritam o Estado a se pontificar como um dos maiores centros turísticos nacionais. De nossa parte, somamos os esforços necessários com o trabalho parlamentar na ALMG para colocar Minas Gerais como cenário turístico e cultural de ponta em nível nacional”.

O deputado estadual Gustavo Mitre no lançamento do projeto Via Liberdade (divulgação)
Redação

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.