Pesquisa DataTempo: Lula tem 44,4% e Bolsonaro 29,95% em Minas

Pesquisa DataTempo: Lula tem 44,4% e Bolsonaro 29,95% em Minas

Lula aparece à frente de Bolsonaro em Minas Gerais, segundo o DATATEMPO — Foto: Montagem sobre fotos de Reprodução/Facebook e Allan Santos/PR

A mais nova pesquisa DATATEMPO para as eleições presidenciais em Minas Gerais, a primeira realizada em ano eleitoral e sem a presença do ex-juiz Sergio Moro, mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a disputa com 44,4% das intenções de voto, contra 29,95% do atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), o segundo colocado. Os índices mostram que a diferença entre os dois oscilou dentro da margem de erro, passando de 16,3 pontos percentuais em novembro do ano passado para 14,45 pontos percentuais agora. Com os dois crescendo na pesquisa e com o esvaziamento dos votos da terceira via, a disputa ficou ainda mais polarizada no Estado.

Se considerados apenas os votos válidos, numericamente, os eleitores de Minas Gerais elegeriam hoje Lula no primeiro turno. Ele alcança 51,4% dos votos quando se exclui os brancos, nulos e os indecisos. Enquanto isso, Bolsonaro soma 34,7% dos votos válidos. Como a margem de erro é de 2,19 pontos percentuais para mais ou para menos, porém, essa maioria que o petista apresenta é relativa e pode não configurar a exata realidade.

Longe dos dois primeiros colocados, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro com 4,55% dos votos totais, contra 3,1% do deputado federal André Janones (Avante) e 2,75% do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB). Atrás deles, com menos de 1% dos votos estão Vera Lúcia (PSTU), com 0,60%, Simone Tebet (MDB), com 0,55% dos votos, Felipe D’Avila (Novo), com 0,35%, e José Maria Eymael (DC), com 0,05%. Os que dizem que não votarão em ninguém, ou que votarão em branco ou nulo são 8,15%. Os que não sabem ou não responderam são 5,55%.

No que diz respeito a Lula e Bolsonaro, a distância oscilou levemente entre novembro de 2021 e abril de 2022, mesmo com a saída do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro, que tinha 6,9% naquele levantamento. Seus votos, majoritariamente, migraram para os dois primeiros colocados, que ainda tiraram votos dos demais concorrentes. Lula, por exemplo, passou de 38% para 44,4% (alta de 6,4 pontos percentuais), enquanto Bolsonaro foi de 21,7% para 29,95% (alta de 8,25 pontos percentuais). Com isso, juntos, eles somam 74,35% dos votos totais em Minas, contra 59,7% registrados no final do ano passado.

Lula e Bolsonaro também crescem na espontânea

Também na pesquisa espontânea, aquela em que os nomes dos concorrentes não são apresentados e, por isso, mede-se a solidificação do voto, os dois primeiros colocados cresceram em relação ao levantamento anterior. Neste caso, numericamente, a subida maior foi de Lula. O petista passou de 30,1% em novembro de 2021 para 35,8% agora. Já o presidente Jair Bolsonaro foi de 21,7% para 25,65% no período.

Lula tem 53,1 % x 34,4% no segundo turno

Com relação ao segundo turno, o ex-presidente Lula hoje tem vantagem de 18,7 pontos percentuais, contra 23,1 pontos percentuais de diferença que ostentava em novembro do ano passado. Naquela ocasião, o petista aparecia com 55,6% dos votos totais no segundo turno, contra 32,5% de Bolsonaro. Agora, o petista tem 53,1% diante de 34,4% de Bolsonaro. Os eleitores que dizem que não pretendem votar em ninguém ou que anunciam voto em branco ou nulo são 9,4% e os que não souberam ou não responderam são 3,1%.

Segundo turno

Quando se excluem esses votos em branco, nulo ou indecisos, Lula registra 60,7% dos votos válidos e Bolsonaro fica com 39,3%.

Votos válidos no segundo turno

A pesquisa DATATEMPO, instituto que faz parte da Sempre Editora, foi realizada com recursos próprios, por meio de 2.000 entrevistas domiciliares, em todas as regiões de Minas Gerais, entre os dias 30 de abril e 5 de maio de 2022. A margem de erro do levantamento é de 2,19 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Conforme preceitua a legislação eleitoral, o levantamento foi registro no TSE com o protocolo BR-00720/2022 e no TRE-MG com o protocolo MG-01720/2022.

Por O Tempo 

Redação

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.